Hipertrofia X Álcool

Hipertrofia x Álcool

(blog Equilibrio & Forma)

É comum ouvir algumas queixas nas academias: “faço um bom treino, boa dieta, e não estou evoluindo mais.” E quando vamos analisar o histórico dessa pessoa, podemos observar o álcool presente em quantidade considerável no final de semana, e em alguns casos durante a semana também, o problema é a consequência que este hábito pode causar dependendo do objetivo da pessoa, o álcool influencia o ganho de massa muscular, no rendimento, na diminuição de gordura corporal, facilitando inclusive o aumento de gordura corporal.

Primeiramente devemos lembrar que o álcool possui cerca de 7kcal (vazias, sem nutriente nenhum) por grama, são calorias que muitas vezes são completadas com açucares nos mais diversos drinks, como caipirinhas, caipiroscas, saqueritas, energéticos, refrigerantes e outros. Até aqui muitos estão conscientes e tentam compensar essas calorias “a mais” no treino seguinte, mas o problema é que muitos não sabem o quanto o álcool pode influenciar de forma negativa os ganhos de massa muscular. Fisiologicamente o hábito de ingerir bebidas alcóolicas em excesso atrapalha (muito) no processo de hipertrofia:

Compromete a construção muscular – O álcool reduz a taxa de síntese proteica, a ação do álcool promove a inibição da fosforilação da mTor.

Reparo muscular inadequado – A ingestão do álcool prejudica as taxas de síntese de glicogênio muscular após o exercício.

Qualidade do Sono Afetada – após o uso do álcool a qualidade do sono é prejudicada, reduzindo a produção de energia do corpo na manhã seguinte do seu consumo, comprometendo o desempenho do próximo treino.

Diminui a Capacidade de Força – O álcool suprime a resposta anabólica do músculo, prejudicando a recuperação e adaptação ao treinamento, provocando um efeito negativo no desempenho.

Absorção dos nutrientes – O álcool sensibiliza os tecidos do intestino e pode causar danos na microbiota intestinal, comprometendo a absorção correta dos nutrientes e causando desconforto abdominal.

Desidratação – uma boa hidratação é fundamental para uma boa construção e reparação muscular, cerca de 70% do músculo é formado por água. Quando ingerimos o álcool o corpo inibe a secreção de um hormônio responsável por controlar a diurese, fazendo o corpo perder mais água que o necessário, podendo causar a desidratação.

A pessoa que ingere álcool com frequência e que está sempre com ressaca nos finais de semana, com certeza está atrasando os ganhos e deixando de ter um corpo melhor. Infelizmente a bebida alcoólica afeta a saúde do corpo de maneira negativa em diversos aspectos, os efeitos descritos neste texto acontecem em consumos extremos e frequentes, por isso é valido manter um equilíbrio, fazer o uso do álcool esporadicamente dificilmente afetará o desempenho e ganho muscular. 

Acesse nosso site e veja tudo sobre as melhores suplementações do mercado: http://www.equilibrioeforma.com.br

Post escrito pela nutricionista Rafaela Malvaso (CRN3 51381)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LOJA VIRTUAL